quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Fim da Hobbylândia

Foram 60 anos de história (que ainda pode ser encontrada na porta fechada da loja), mas o tradicional local para comprar modelos para montar, maquetes, trenzinhos elétricos, aeromodelos, barcos, carrinhos, bonequinhos e muita coisa bacana, não resistiu à modernidade e à falta de interesse dos jovens.

Fechou no dia 29 de janeiro. Se você curtia a Hobbylândia, no Edifício Avenida Central, no Rio de Janeiro, dê uma passada lá, enquanto a porta não é detonada por mais uma inútil loja de informática.

Mas é na própria informática que a Hobbylândia buscou uma solução do século 21 e se transformou em loja virtual - http://www.hobbylandia.com.br/ – que lhe deverá render outras décadas de bons negócios, retirados muitos custos fixos. Vamos prestigiar!

 

fim da hobbylandia gdw

clique na foto, pois deixei em tamanho bem grande

O aspecto único da Hobbylândia, que tanto uniu pais, filhos e avós, muitos dos quais não estão mais entre nós, dá lugar a uma bobagem do século 21.

Aos familiares que mantiveram a Hobbylândia o quanto puderam, resta aqui minha solidariedade, de um garotinho de 50 anos, que tantas e tantes vezes, além de comprar lá, ficava apenas encantado, olhando as vitrines, os modelos, as miniaturas, com água na boca. Comprei muito lá. Já estou com saudades.

José Roitberg – jornalista

3 comentários:

cleber moreno disse...

O Rio de Janeiro perdeu um pedaço da sua história;

cleber moreno disse...

O Rio de janeiro perdeu um pedaço da sua história. A Hobbylandia era muito mais do que uma loja. Era ponto de encontro de gerações e suas memórias.

Anônimo disse...

Lembro até hoje, quando em 1983 os meus pais levaram eu e meu irmão para conhecer a Hobbylândia. Eu ficava encantado com as miniaturas dos personagens de Guerra nas Estrelas. Essas memórias ficarão para sempre guardadas no meu coração!